21 de maio de 2010

A sua imagem depende do espelho


Quem é minimamente observador já deve ter notado que a sua imagem depende de onde ela se reflete. Determinadas lojas sabem escolher bem os espelhos em que você vai se autoavaliar com a roupa a ser adquirida. Outras ainda não perceberam as perdas no faturamento que é a má escolha do espelho e da iluminação.

Mais interessante ainda é que, se a imagem física que temos de nós mesmos é assim tão variável – conforme o ambiente, a iluminação, o tempo e o espelho – tanto mais ainda se diferencia, nos momentos distintos, a concepção geral que temos sobre o nosso próprio personalismo.

A imagem que temos de nós mesmos depende da situação em que nos encontramos, das conquistas que tivemos, dos erros que cometemos, das críticas e elogios que os outros tecem a nosso respeito e da sensibilidade com que cada um desses parâmetros nos afeta – sensibilidade essa que também muda ao longo do tempo devido aos mesmos fatores acima, de acordo um mecanismo complexo de influenciação recíproca. Mais que isso, a nossa imagem física e psíquica se conversam na forma de nos vermos.

Mas, se nossa autoanálise é um bruxulear ao sabor dos ventos, a imagem que cada um dos outros nos tem é algo mais renitente... A primeira impressão não é exatamente a que fica, mas a imagem que se constrói demora e muito para se alterar com o decorrer do tempo, abstraindo-se, é claro, superveniências drásticas. Por outro lado, como variam as facetas que nós temos reveladas no anteparo que são os outros! O grau de boa vontade em aceitação e a facilidade de relacionamento, as experiências prévias e as idéias pré-concebidas, a semelhança ou diferença de inclinações e as diferentes situações de convivência, tudo isso fornece subcriações múltiplas de um ser que não somos, mas nos representam perante cada um dos demais.

Autora: Érica Marina

(in English)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget