9 de fevereiro de 2011

Necessidade insolúvel de definição


Se eu estiver parada, preciso de uma posição; se estiver caminhando, preciso de um norte; se estiver em dúvida, preciso de uma decisão; se não precisar me definir, já morri. Até para andar sem rumo é preciso que eu decida assim.


Autora: Érica Marina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget