6 de março de 2011

Dilemas e escolhas

Na vida se dá um passo de cada vez – nem sempre como quem segue em linha reta, mas como quem está a dançar. Às vezes nos atrapalhamos, às vezes tropeçamos, às vezes caímos. Mas cada um levanta e segue seu ritmo. Alguns dizem que a vida é feita de escolhas, embora isso seria essencialmente verdade se as decisões já viessem prontas. A vida, na verdade, é feita de dilemas. Escolha é o rumo que tomamos sem saber onde vamos parar.

Frequentemente nos deparamos com situações difíceis, quando a responsabilidade da decisão nos pesa sobre os ombros. Isso seria mais fácil se percebêssemos que só existem grandes dilemas quando o sentimento e a razão não concordam. Como decidir? Neste ponto, o filósofo indiano nos dá a receita para a escolha acertada:

Sempre que houver alternativas tenha cuidado. Não opte pelo conveniente, pelo confortável, pelo respeitável, pelo socialmente aceitável, pelo honroso. Opte pelo que faz o seu coração vibrar. Opte pelo que gostaria de fazer, apesar de todas as consequências.” (Osho)

Na prática, é isso o que nos exige a maior força e a maior coragem. A vida ensina e cabe-nos aprender com ela para que os próximos passos se harmonizem com o nosso próprio objetivo. Fazer a escolha é simples: basta ouvir o próprio íntimo, sem querer impor a ele nenhuma restrição. O difícil mesmo é realizar o que o coração já escolheu.


Autora: Érica Marina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget