8 de junho de 2011

O ciúme é puro cinismo


O ciúme, todo mundo sabe, é orgulho e baixa autoestima. O ciumento não tem suficiente segurança e se sente intimidado por qualquer possível ameaça – que deve vir de todos os lados, já que ele mesmo não confia muito em si próprio. O outro é sempre um potencial concorrente, parece sempre suficientemente atraente ou interessante para lhe roubar o lugar.
Mas o ciúme é cinismo também.
Se você tem um namorado ou uma namorada bonita, os outros também não podem achar? Ou você prefere namorar alguém que só você acha que tem boa aparência?
Você se incomoda quando seu companheiro apenas olha para uma pessoa atraente? Mas não foi você o primeiro a identificar esse charme ou essa beleza e por isso sentiu ciúmes? Por que você acha que quem convive com você teria uma percepção diferente da sua?
Se os dois são capazes de perceber que existem pessoas interessantes, inteligentes, bonitas e agradáveis, nisso não há problema algum; apenas significa que existe pré-estabelecido um padrão que separa em categorias os indivíduos. Isso é muito diferente de se sentir atraído por uma terceira pessoa, por exemplo.
E o engraçado é que a vida está cheia de exemplos de namorados e cônjuges que têm um ciúme extremado, imaginando ou culpando o outro por uma suposta traição que nunca existiu quando, na verdade, são eles que traem. O que seria o ciúme, nesse caso, a não ser a suposição e o medo de que o outro pode agir exatamente como você age?
Quando alguém se queixa de ser ciumento, a recomendação geral é trabalhar o próprio ego, tentar se gostar mais. Mas a sugestão deste texto é outra: antes de sentir ciúme, olhe-se no espelho dos seus próprios sentimentos.
O excesso de ciúme torna uma pessoa desagradável. E isto faz com que a complacência que o companheiro tem com outros defeitos dela, que é fruto natural de seu amor, acabe se dissolvendo em frente ao incômodo que o ciúme causa.

Autora: Érica Marina

Um comentário:

  1. Anônimo2/3/12 20:52

    Parabéns pelo texto, tudo isso é muito verdade!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste gadget